Valor Salário Mínimo 2020 – Aumento e Reajuste para o Valor 2020

Estabelecido por Lei desde a década de 30, pelo então presidente da época, Getúlio Vargas, o valor Salário Mínimo 2020 é um assunto que desperta bastante interesse até os dias atuais pela grande maioria dos brasileiros.

De acordo com com a constituição de 1988, o salário mínimo precisa suprir as necessidades básicas do trabalhador brasileiro, como alimentação, moradia, lazer, saúde, educação, vestuário, higiene, transporte e previdência social.

Caso você ainda não tenha conhecimento ou apenas tem dúvidas sobre qual o valor Salário Mínimo acompanhe as próximas linhas desse artigo que nós iremos explicar tudo em detalhes para você. Confira!

Salário Mínimo 2020

Alinhado a Constituição brasileira de 1988, o salário mínimo tem como objetivo suprir todas as principais necessidades básicas de um cidadão brasileiro, como:

Com relação ao valor estabelecido, esse é normalmente e anualmente reajustado por meio do Governo Federal. E já em relação a sua origem, ele entrou em vigor no país desde maio de 1940 durante o governo de Getúlio Vargas.

Valor Salário Mínimo 2020

A expectativa do valor salário mínimo para o ano de 2019 era de aproximadamente R$ 1.006 (mil e seis reais). Inserindo a garantia do acréscimo de 2,5% no Produto Interno Bruto (PIB) 2019. De acordo com a proposta realizada ao Congresso Nacional.

Valor do Salário Mínimo 2020

Porém, em 2019 o Ministério do Planejamento indicou um aumento de R$ 44 em relação ao salário mínimo anterior, de R$ 954. Dentro destes números o mínimo quase ultrapassou a quantia de R$ 1.000 pela primeira vez.

Seguindo essa proposta o ministério também projetou salário mínimo de R$ 1.076 para 2020 e de R$ 1.153 em 2021. Vamos aguardar a seguintes novidades.

É importante informar que o valor salário mínimo 2020 respeita a uma fórmula alinhada ao resultado do Produto Interno Bruto do país (PIB) de dois anos antes, em conjunto com a variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) ao ano antecedente.

O que é o Salário Família 2020?

Para quem não sabe, o salário-família é um valor pago ao empregado, inclusive o doméstico, e ao trabalhador avulso, de acordo com o número de filhos ou equiparados que possua. Famílias cujo os filhos sejam maiores de 14 anos não possuem direito, exceto no caso dos inválidos (para quem não há limite de idade).

Valor do Salário Mínimo 2020

Para ter direito, será preciso se enquadrar no limite máximo de renda estabelecido pelo governo federal.

O trabalhador empregado, inclusive o doméstico, deve requerer o salário-família diretamente ao próprio empregador. Já o trabalhador avulso precisa requerer o benefício ao sindicato ou órgão gestor de mão-de-obra ao qual está vinculado.

Se esses trabalhadores estiverem recebendo auxílio-doença, aposentadoria por invalidez e aposentadoria por idade rural, devem realizar o seu requerimento junto ao INSS.

O mesmo vale para os demais aposentados, que também possuem direito ao salário-família,  caso tenham mais de 65 anos de idade, se homem, ou 60 anos de idade, se mulher, e possuam filhos que se enquadrem nos critérios para a concessão.

Como Receber Salário Família 2020?

Caso atenda aos requisitos citados acima, você possui direito de receber o salário família nacional. Para isso é necessário se inscrever apresentando junto a Previdência Social de sua cidade os seguintes documentos:

  • CPF;
  • Documento de Identidade com foto;
  • Termo de Responsabilidade;
  • Caderneta de vacinação dos filhos com idade até 6 anos;
  • Certidão de nascimento dos filhos, enteados e tutelados (original e cópia autenticada);
  • Se possui filho com invalidez levar a avaliação da pericia médica do INSS;
  • Comprovante de frequência escolar dos filhos com idade entre 7 e 14 anos;
  • Requerimento de Salário família.

Tabela do Salário família

Na tabela acrescentada abaixo, se encontram listadas as faixas de valores limites para fins de direito ao salário-familia e o valor da cota correspondente. Os valores são atualizados através de Portaria Ministerial, as quais foram listadas na tabela salário mínimo para referência.

PERÍODO FAIXA 1 (em R$) FAIXA 2 (em R$) NORMATIVO
A partir de 1º/01/2018 Até 877,67 cota 45,00 de 877,67 a 1.319,18 cota 31,71 Portaria MF n° 15, de 16/01/2018
A partir de 1º/01/2017 Até 859,88 cota 44,09 de 859,89 a 1.292,43 cota 31,07 Portaria MF n° 8, de 13/01/2017
A partir de 1º/01/2015 Até 725,02 cota 37,18 de 725,03 a 1.089,72 cota 26,20 Portaria n° 13, de 09/01/2015
A partir de 1º/01/2014 Até 682,50 cota 35,00 de 682,51 a 1.025,81 cota 24,66 Portaria n° 19, de 10/01/2014
A partir de 1º/01/2013 Até 646,55 cota 33,16 de 646,56 a 971,78 cota 23,36 Portaria n° 15, de 10/01/2013
A partir de 1º/01/2012 Até 608,80 cota 31,22 de 608,81 a 915,05 cota 22,00 Portaria nº 02, de 06/01/2012
A partir de 1º/01/2011 Até 573,91 cota 29,43 de 573,92 a 862,60 cota 20,74 Portaria nº 407, de 14/07/2011
A partir de 1º/01/2010 Até 539,03 cota 27,64 de 539,04 a 810,18 cota 19,48 Portaria nº 333, de 29/06/2010
A partir de 1º/02/2009 Até 500,40 cota 25,66 de 500,41 a 752,12 cota 18,08 Portaria nº 48, de 12/02/2009
A partir de 1º/03/2008 Até 472,43 cota 24,23 de 472,44 a 710,08 cota 17,07 Portaria nº 77, de 11/03/2008
A partir de 1º/04/2007 Até 449,93 cota 23,08 de 449,94 a 676,27 cota 16,26 Portaria nº 142, de 11/04/2007
A partir de 1º/08/2006 Até 435,56 cota 22,34 de 435,57 a 654,67 cota 15,74 Portaria nº 342, de 16/08/2006
A partir de 1º/05/2005 Até 414,78 cota 21,27 de 414,79 a 623,44 cota 14,99 Portaria nº 822, de 11/05/2005
A partir de 1º/05/2004 Até 390,00 cota 20,00 de 390,01 a 586,19 cota 14,09 Portaria nº 479, de 07/05/2004
A partir de 1º/06/2003 Até 560,81 cota 13,48 Portaria nº 727, de 30/05/2003
A partir de 1º/06/2002 Até 468,47 cota 11,26 Portaria nº 525, de 29/05/2002
A partir de 1º/06/2001 Até 429,00 cota 10,31 Portaria nº 1.987, de 04/06/2001
A partir de 1º/06/2000 Até 398,48 cota 9,58 Portaria nº 6.211, de 25/05/2000
A partir de 1º/06/1999 Até 376,60 cota 9,05 Portaria nº 5.188, de 06/05/1999

Há informações importantes sobre o salário família atual que também valem a pena ressaltar que são:


01 – Os dois pais possuem direito ao benefício desde que atendam os requisitos;


02 – Caso tenha o salário família suspenso por falta de renovação os valores serão pagos assim que a situação for regularizada;


03 – É considerado como remuneração mensal o valor total do salário de contribuição quando o cidadão exerce mais de uma atividade;


04 – Se já possui algum benefício da Previdência Social o novo salário família 2020 será efetuado como acréscimo no benefício que já possui.


05 – Considera-se remuneração mensal do segurado o valor total do respectivo salário de contribuição, ainda que resultante da soma dos salários de contribuição correspondentes a atividades simultâneas;


06 – Caso o valor da remuneração mensal ultrapasse a faixa máxima, o trabalhador não terá direito ao salário-família.


Se você gostou do nosso artigo sobre valor Salário Mínimo 2020 não esqueça de deixar o seu comentário e compartilhar nas redes sociais, caso tenha alguma dúvida a respeito do que foi tratado acima deixe o seu recado agora mesmo para que possamos esclarece-lo o mais breve possível.

Deixe um comentário